Victor, o “selvagem de Aveyron”

26/04/2012 21:33

 

O  "menino  selvagem",  Victor de Aveyron, é um dos casos mais conhecidos de seres humanos criados livres em ambiente selvagem. Provavelmente  bandonado numa floresta aos 4 ou 5 anos, foi objeto de curiosidade e provocou discussões acaloradas principalmente na França, onde o caso ocorreu.
Sua história oficial começa em 1797, quando um menino inteiramente nu, que fugia docontato com as pessoas, foi visto pela primeira vez na floresta de  Lacaune. Em 9 de janeiro de 1800 foi registrado seu aparecimento num moinho em Saint-Sernein, distrito de Aveyron. Tinha a cabeça, os braços e os pés nus; farrapos de uma velha camisa cobriam o resto do corpo. Era um menino de cerca de 12 anos de idade, media 1,36 m, tinha a pele branca e fina, rosto redondo, olhos negros e fundos, cabelos castanhos e nariz comprido e aquilino. Sua fisionomia foi descrita como graciosa; sorria involuntariamente e seu corpo
apresentava a particularidade de estar coberto de cicatrizes.

O médico psiquiatra  Jean-Marie Gaspard  Itard educou e civilizou Victor. Acompanhando de perto e trabalhando vários anos com Victor para educa-lo, Itard
formula a hipótese de que a maior parte das deficiências intelectuais e sociais não é inata, mas tem sua origem na ausência da socialização, na falta de comunicação com os semelhantes principalmente pela palavra. Aproximando-se da visão sociológica dos fatos sociais, o pesquisador concluiu que o isolamento social prejudica a sociabilidade do indivíduo. E a sociabilidade é a base da vida em sociedade.

 

Leia mais em http://sites.usjt.br/leonarde/victoroselvagem.pdf